terça-feira, 24 de março de 2015

A volta de um artilheiro

Share |


Muitos que me conhecem sabem da admiração minha por Leandro Damião desde os tempos que ele jogava pelo Internacional, onde ele foi revelado e teve sucesso. Depois de uma passagem apagada pelo Santos, em que ele chegou como status de estrela, Damião chegou a minha Belo Horizonte para jogar no meu Cruzeiro e tentar recuperar os tempos de artilheiro conquistado no sul.

Quando o Cruzeiro o contratou fiquei meio reticente pela fase vivida no Peixe, mas acreditei que, em um time organizado, ele poderia voltar a ser o Leandro Damião que chegou a Seleção Brasileira e virou meu ídolo. Por isto, fiquei contente com a contratação e apoiaria ele no meu time do coração.

E não é que eu estava certo, o inicio de temporada do 9 celeste está sendo um dos melhores de um atacante nos últimos tempos com a camisa azul. Ele se encontrou no esquema de Marcelo Oliveira, sendo uma peça vital na reestruturação do time e mostrando um lado que poucos sabiam, o de assistente de companheiros. Em 11 jogos com a camisa celeste, o artilheiro fez oito gols e quatro assistências. Sendo, no momento, artilheiro do campeonato mineiro e marcando gols nos clássicos contra Atlético e América.

Claro que o ano está no inicio ainda e muitos jogos passarão, mas podemos afirmar que o artilheiro está de volta e se continuar assim, pode voltar a seleção brasileira quem sabe. Não custa sonhar, pois a safra de centroavantes brasileiros é ruim. Sorte da torcida celeste contar com um atacante muito técnico a serviço do bicampeão brasileiro.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

O mundo é uma bola – 19/02/15

Share |


Copa Libertadores

A fase de grupos se iniciou nesta semana e o grande destaque entre os brasileiros foi o c
lássico entre Corinthians e São Paulo na Arena Corinthians. O jogo, válido pelo grupo 2, foi o primeiro entre as equipes pela Libertadores. Atuando com a força da Fiel, o Timão não deu chances para o rival e jogou muito bem, fazendo 2 a 0 e saindo na frente no Grupo da Morte. Os gols foram marcados por Elias, no primeiro tempo, e Jadson, ex-tricolor, na etapa final.

Pelo grupo 1, o Atlético-MG se perdeu no jogo e foi derrotado na estréia no Chile pelo Colo-Colo por 2 a 0. O Galo foi prejudicado pelos muitos desfalques na equipe, mas fazia um bom jogo até os 38 minutos da etapa inicial, quando o goleiro Victor falhou no gol de Flores, o lance mudou os rumos do jogo em Santiago. No segundo tempo, Paredes completou o placar pára o Cacique, porém, o Atlético, com o time completo, pode chegar longe na competição.

Já o Internacional, pelo grupo 4, também estreou com derrota. O colorado foi a altitude de La Paz (3.600m acima do nível do mar) e foi facilmente derrotado pelo The Strongest por 3 a 1, apresentando um fraco futebol. O destaque do jogo foi o meia Chumacero, ex-Sport, que marcou dois gols.

O último brasileiro a estrear na competição internacional será o Cruzeiro. O atual Bicampeão Brasileiro vai a Sucre na próxima semana enfrentar o Universitário Sucre.

Liga dos Campeões

A bola voltou a rolar na Liga dos Campeões da Europa. Foram disputados os quatro primeiros jogos de ida das oitavas-de-final. Dos quatros jogos desta semana, três terminaram empatados. O único vencedor foi o Real Madrid, que se recuperou do princípio de crise vivido, ao derrotar o Schalke 04 da Alemanha por 2 a 0. O destaque da equipe merengue foi o brasileiro Marcelo, autor de um golaço. A partida marcou a primeira vez como titular do volante Lucas Silva como titular da equipe madrilenha.

Na França, PSG e Chelsea realizaram um jogo morno, melhor para os londrinos que empataram em um gol e decidem a vaga em Stanford Bridge. Outro que leva vantagem para decidir em casa é o Porto, a equipe portuguesa, também, empatou em um gol com o Basel na Suíça e decide no Porto a vaga as quartas. Na conturbada Ucrânia, o Bayern de Munique empatou sem gols com o Shaktar Donnestk em um jogo catimbado pelos brasileiros da equipe ucraniana.
  
Campeonatos estaduais
  
No Campeonato Gaúcho, o Grêmio se recuperou das últimas derrotas ao vencer o Passo Fundo por 2 a 0. No Rio, o Fluminense conheceu a primeira derrota na competição ao ser batido pelo Volta Redonda por 2 a 1. O Vasco tropeçou no Barra Mansa ao empatar em um gol no Estádio de São Januário. Os líderes são Flamengo, que derrotou o Boavista por 2 a 0, e o Botafogo, que bateu o Friburguense por 3 a 0.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

O herói do mar

Share |


O País do futebol se tornou o país do surf. Sim, estou falando do título mundial de Gabriel Medina no circuito conquistado na última sexta-feira em solo havaiano. Como o cara disputou o título mundial e a etapa de Pipeline, que era a derradeira, foi transmitida para o Brasil, fui eu ver e torcer pelo nosso menino de ouro, nunca tinha visto uma competição do esporte. O Brasil parou para acompanhar o feito de Gabriel Medina, um novo ídolo esportivo brasileiro.

Deixando claro que não entendo muito de surfe, mas Gabriel, com apenas 20 anos de idade, mostrou durante o ano todo uma regularidade e um surfe de primeira qualidade. Medina, com seu estilo arrojado, foi vencendo os grandes nomes do mundo, como Kelly Slater, dono de 11 títulos mundiais, e Mick Fanning, tricampeão. Estes dois, inclusive, eram os que poderia tirar do brasileiro o título.

O título não poderia vir em lugar melhor. A praia de Pipeline no Havaí é considerada o templo sagrado do esporte, o lugar onde está a onda perfeita, o sonho de todo surfista é surfar em Pipe, como o jogador que sonha em jogar no Maracanã. Por falar no Estádio carioca, as areias havaianas se transformaram num estádio de futebol, foram tomadas por brasileiros torcendo por Medina.

O título veio de forma indireta pela derrota de Mick Fanning para o, também, brasileiro Alejo Muniz, e Gabriel estava na água para disputar uma outra bateria. O que se viu foi uma festa que só o povo brasileiro proporciona e que Pipeline jamais tinha presenciado, um fato heróico e inesquecível. O surfista continuou dando show mesmo com o título garantido e foi vice-campeão da etapa, mas o maior feito já havia lhe garantido entre os ídolos do esporte nacional.

Cabe a nós uma reflexão, o Brasil com um litoral enorme, só em 2014 consegue um título mundial de Surfe. O surfe, como o tênis, é um esporte que exige muito dinheiro para quem quer competir em alto nível. Gabriel Medina e o Surfe brasileiro tem tudo para decolar e criar novas gerações. Medina é o novo ídolo do Brasil e salvou o ano do esporte brasileiro que ficou manchado pela goleada sofrida na Copa no Brasil.

sábado, 13 de dezembro de 2014

O Vôlei Brasileiro em xeque

Share |


A modalidade esportiva mais vencedora do Brasil nos últimos tempos vive uma crise neste período. O vôlei brasileiro, que parecia inatingível, se tornou mais um retrato triste da realidade brasileira, que é o de recorrente corrupção em seus quadros máximos. A Confederação Brasileira de Vôlei foi atuada recentemente em relatório da Controladoria Geral da União por conta de falcatruas na antiga gestão da entidade. O fato gerou varias circunstancias que podem colocar em risco o futuro da modalidade.

A CBV, antes, tinha como presidente Ary Graça, tido como um dirigente vitorioso e inovador, mas que por trás era um dirigente com falcatruas em sua gestão. Hoje, Graça, por conta deste “sucesso” a frente do Vôlei, é Presidente da Federação Internacional de Vôlei, cargo máximo deste esporte.

O relatório da CGU foi feito a partir de denúncias da imprensa sobre a gestão de Ary Graça a frente da CBV, onde foram encontradas irregularidades em contratos de marketing. O Banco do Brasil, parceiro da CBV a 23 anos, suspendeu o patrocínio ao vôlei até que a entidade corrija os problemas apontados pelo relatório Muitos jogadores da Seleção se manifestaram com revolta e tristeza pelo ocorrido na gestão de Graça, casos de Murilo e Sheilla.

Ary Graça, como Presidente da FIVB, mostrando sua verdadeira face, ao saber do relatório resolveu punir jogadores da Seleção Masculina com suspensões e multas, como uma forma de retaliação. A CBV, por sua vez, anunciou que desistirá de organizar a fase final da Liga Mundial em 2015, que seria disputada no Rio de Janeiro.

Sem o dinheiro do BB, o futuro da CBV é nebuloso, pois o dinheiro do Banco Federal, é de enorme valia para a Confederação. Como amante do vôlei que sou, já sorri várias vezes nas conquistas da Seleção, fico entristecido com o rumo do esporte, que se tornou o segundo esporte do Brasil.

Infelizmente, este caso é o retrato da realidade brasileira, mais um caso de corrupção na vida do Brasil, depois do Mensalão e do Petrolão, este é mais um caso que não pode ficar impune, pois a impunidade faz a continuação da corrupção em todas as áreas da sociedade brasileira.


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Liga dos Campeões – última rodada da fase de grupos

Share |


A Liga dos Campeões encerrou os seus trabalhos em 2014 com a última rodada da fase de grupos. Os oito grupos tiveram suas definições neste meio de semana. Vamos a um resumo da rodada.

Grupo A

Na Itália, um jogo em que os dois comemoraram o resultado entre Juventus e Atlético de Madrid. O empate em 0 a 0 classificou os italianos e colocou os espanhóis em primeiro no grupo, mas ambas as equipes criaram boas chances para as defesas dos goleiros. O empate na Itália prejudicou o Olympiakos que venceu o Malmo por 4 a 2, mas vai para a Liga Europa como terceiro do grupo.

Grupo B

Liverpool e Basel disputaram a última vaga do grupo na Inglaterra, bom para os suíços que empataram em um a um e seguem adiante na Champions, os Reds vão para a Liga Europa. O Real Madrid conseguiu a campanha perfeita, 100% de aproveitamento, ao golear o Ludogorets por 4 a 0.

Grupo C

O Monaco conseguiu a classificação em primeiro do grupo ao vencer o Zenit por 2 a 0 em casa e jogou os russos para a Liga Europa com o terceiro lugar. O Bayer Leverkusen terminou a fase em segundo com o empate sem gols em Lisboa diante do eliminado Benfica.

Grupo D

A rodada derradeira no Grupo D serviu para definir as posições dos classificados Borussia Dortmund e Arsenal. Os Amarelos da Alemanha conseguiram a primeira colocação ao empatar em um gol com o Anderlecht que vai para a Liga Europa. O Arsenal terminou atrás mesmo com a goleada sobre o Galatasaray em Istambul por 4 a 1.

Grupo E

Com apenas uma derrota na fase, o Bayern terminou a fase com a segunda melhor campanha entre todas ao derrotar e eliminar o CSKA Moscou por 3 a 0. Na Itália, o Manchester City confirmou o favoritismo e venceu a Roma por 2 a 0, classificando os citzens para a próxima fase. Os romanos disputarão a Liga Europa na segunda parte da temporada.

Grupo F

O Barcelona derrotou o PSG no jogo mais esperado da rodada por 3 a 1 e tomou a primeira colocação dos franceses no grupo. Foi um jogo em que os craques das duas equipes marcaram. Ibrahimovic abriu o placar para o time de Paris, mas o trio sul-americano garantiu a virada catalã com Messi, Neymar e Suarez. O Ajax vai para a Liga Europa com a goleada sobre o Apoel por 4 a 0.

Grupo G

O Chelsea, com reservas, venceu e eliminou o Sporting por 3 a 1 em Londres. Os portugueses vão para a Liga Europa pois o Schalke 04 venceu o Maribor por 1 a 0 e se classificou para a segunda fase em segundo no grupo. Os blues da Inglaterra são os primeiros do grupo.

Grupo H

Com a primeira e a segunda posições já definidas entre Porto e Shaktar, que se enfrentaram e empataram em um gol, a disputa ficou para a Liga Europa com Athletic Bilbao e Bate Borisov. Os espanhóis conseguiram a vaga com a vitória por 2 a 0 na Espanha.

O sorteio da próxima fase acontece na próxima segunda-feira.