terça-feira, 18 de agosto de 2015

Brasil, uma potencia paralímpica

Share |

Se tem uma coisa para o brasileiro se orgulhar, essa coisa é o esporte paralimpico. O resultado nos Jogos Para-panamericanos, realizados em Toronto na última semana comprova esta frase. Os atletas brasileiros deram um show de superação e de vitórias, liderando com folga o quadro de medalha. Ao todo foram 257 medalhas, sendo impressionantes 109 de ouro, 74 de prata e 74 de bronze. O que comprova que o Brasil é uma potência paralímpica.

Em Toronto, teve prova que o Brasil ganhou as 3 medalhas em jogo. O destaque, mais uma vez, foi o nadador Daniel Dias, que se tornou o recordista de medalhas de ouro em uma edição de jogos com oito medalhas. O Brasil foi soberano, também, no atletismo, no futebol de 5 (para deficientes visuais) e no tênis de mesa.

A se lamentar, ainda, o pouco espaço que este tipo de competição tem na mídia esportiva, muito disto, fruto do preconceito que algumas pessoas tem sobre os especiais (a quem me refiro a pessoa com algum tipo de deficiência). Este resultado mostra que o Brasil vem brigar nas cabeças nas Paralimpíadas do ano que vem no Rio de Janeiro., com muito investimento do governo brasileiro e somado ao talento dos atletas verde-amarelos

Espero que o Esporte Paralímpico seja mais divulgado e que as pessoas saibam que neste segmento da sociedade somos uma potencia mundial, brigando de igual com países do primeiro mundo.


quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Um ano para o sonho olímpico chegar

Share |

Nesta quarta, cinco de agosto, marca a data de um ano para as Olimpíadas do Rio de Janeiro começar. As primeiras olimpíadas realizadas na América do Sul, são considerada as Olimpíadas de um país todo, no futebol serão usadas outras sedes como Salvador, Belo Horizonte, São Paulo e Manaus, mas o Rio está se preparando para receber grandes nomes do esporte.

Muito deles nem estão garantidos, mas, certamente virão. Alguns nomes famosos como Michael Phelps, maior medalhista olímpico da história, Usain Bolt, que vai tentar o Tricampeonato olímpico nos 100m e 200m do atletismo, os tenistas mais bem ranqueados casos de Novak Djokovic, Roger Federer, Serena Willians, astros da NBA que compõem o time de Basquete dos EUA. Enfim, o que não vai faltar são astros que virão competir em solo brasileiro.

Da parte brasileira, faltando um ano para os jogos começarem, os principais nomes e esperanças de medalha em 2016, são as Seleções de Vôlei, as duas tentarão o tricampeonato olímpico no Maracanãzinho, o Vôlei de praia que foi bem no mundial realizado na Holanda, o futebol, especialmente, o Masculino que ainda não ganhou a medalha de ouro com Neymar comandando o time. A vela que sempre traz medalhas para o Brasil e o Judô, outro esporte medalhado em Olimpíadas.

A cidade do Rio vem executando bem as obras, nesta quarta, 82% das instalações olímpicas estão concluídas. O lado triste da infraestrutura nos Jogos do Rio vem da não despoluição da Baía de Guanabara e das lagoas do Rio, fato que ganhou repercussão mundial com o perigo de doenças para os atletas.

No mais, estamos no aguardo e ansiosos para que o dia 5 de agosto de 2016 chegue para que o Maracanã dê o passo de abertura dos Jogos Olimpicos do Rio de Janeiro. E o Blog Esporte è Vida contará todos os detalhes deste um ano.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

O dia em que o mundo ficou perplexo

Share |


O dia 8 de Julho ficará marcado para sempre na história do futebol, pois há um ano, no Mineirão, o Brasil conhecia a sua pior história em 100 anos de história. A Seleção jogara a semifinal da Copa do Mundo que estávamos sediando contra a Alemanha, o resultado todos já estamos careca de saber, um humilhante 7 a 1. O que aprendemos nesta derrota? Houve alguma mudança no futebol brasileiro neste um ano?

O placar foi um retrato da apresentação brasileira naquela Copa, jogos sofridos e um futebol burocrático e ultrapassado imposto pelo técnico Felipão que culminaram com a humilhante derrota no Gigante da Pampulha. Do outro lado, tinha uma equipe moderna e bem organizada com a base do futebol moderno do Bayern de Munique, à época Campeão Mundial de Clubes. Jogadores como Schweinsteiger, Kroos e Muller, ditavam o ritmo e enfrentava uma equipe sem um craque (Neymar abandonou a Copa por conta de uma contusão nas costas no jogo anterior). O Mundo assistiu aquele jogo com enorme perplexidade diante a facilidade alemã em fazer gols.

Passados um ano da tragédia do Mineirão, o futebol brasileiro pouco alterou sua mentalidade. Como os políticos do nosso país, os dirigentes brasileiros prometem muito e fazem pouco, escândalos envolvendo a CBF envergonham mais ainda a imagem do futebol brasileiro lá fora. Dentro de campo, a moral da Seleção só piora, mesmo com a troca de treinador, Dunga entrou e foi perfeito nos amistosos pós-copa, mas pouco modernizou a Seleção.

Jogadores desconhecidos como Roberto Firmino, ou de centros pouco desenvolvidos, como Diego Tardelli que joga na China, são figuras carimbadas na Seleção de Dunga. O futebol apresentado na Copa América e a derrota para um time inferior tecnicamente, no caso o Paraguai, mostram que continuamos sem atualização com o futebol moderno. É preciso ter humildade para reconhecer que não somos mais os melhores do mundo, o que falta para a turma de Del Nero, Marin e cia...

Enquanto isto não acontece, a Seleção continua sem um vínculo com a torcida brasileira e não tendo a mesma força internacionalmente, sendo motivo de chacota de outros países.

REAJA FUTEBOL BRASILEIRO...

segunda-feira, 25 de maio de 2015

O Show do Brasileirão – 25/05/15

Share |


Série A

Ao fim de três rodadas, temos três líderes. Um deles é o Goiás, o Esmeraldino foi a São Paulo e ganhou do Palmeiras, diante 37 mil pessoas no Allianz Parque. O Porco foi melhor durante todo o jogo, criou muitas chances, mas parou no goleiro Renan, o nome do jogo com ótimas defesas. O gol da vitória goiana saiu com Victor Ramos, contra, no segundo tempo, o zagueiro palmeirense ainda foi expulso no fim dó jogo. O Palmeiras continua sem vitórias no Campeonato.

Outro líder surpreendente é o Sport, a equipe pernambucana fez um bom jogo diante do Coritiba. A vitória por 1 a 0 em casa colocou o Leão com 7 pontos, o gol da vitória saiu com Neto, no primeiro tempo. O Coxa ocupa posição mediana com 3 pontos.

O Clássico da rodada aconteceu no Maracanã entre Fluminense e Corinthians. O jogo foi bom, mas os goleiros foram melhores nos duelos com os atacantes, Diego Cavalieri e Cássio fizeram o jogo ficar num chato 0 a 0. Melhor para o Timão que chegou aos 7 pontos e lidera o Campeonato, já o Fluminense tem 4 pontos.

O São Paulo foi o grande vitorioso da rodada ao vencer por 3 a 0 o Joinville no Morumbi e ocupar o G-4 com 6 pontos. O Tricolor fez uma boa partida comandado por Alexandre Pato, que deu a assistência para o gol de Michel Bastos e fez um gol, os dois no segundo tempo. A vitória são-paulina foi aberta por Dória, de cabeça, no primeiro tempo. O JEC tem 1 ponto e ocupa as últimas posições.

 O Atlético-PR venceu o duelo dos atléticos contra o de Minas, na Arena da Baixada, e subiu na tabela de classificação. A vitória por 1 a 0 fez com que o Furacão chegasse aos 6 pontos. Porém, o placar não refletiu o que foi o jogo, pois, o Galo dominou quase o tempo todo, mas o ataque atleticano não estava inspirado e parou no goleiro Weverton, Os paranaenses, em uma das poucas chances de gol durante a partida, fizeram com Douglas Coutinho no primeiro tempo. Destaque, também, para a expulsão do gordinho Walter após reclamação com a arbitragem. O Alvinegro parou nos 4 pontos.

 Outro que vem surpreendendo nesse inicio de campeonato é a Chapecoense, que chegou a segunda vitória na competição ao vencer o Santos por 1 a 0 em casa. Os verdes chegaram aos 6 pontos e ocupam uma posição de destaque na tabela, já o Peixe parou nos 4 pontos e está em uma posição mediana. O gol da vitória catarinense saiu no primeiro tempo em um lindo chute de Apodi.

Mais um catarinense ganhou de um grande do futebol brasileiro, o Avaí. Jogando em Florianópolis, o Azurra derrotou o Flamengo por 2 a 1 e conseguiu a primeira vitória no Campeonato. O nome do jogo foi o atacante Hugo, autor dos dois gols dos mandantes na etapa final. Gabriel descontou para o rubro-negro, também, no segundo tempo de jogo. O Avaí subiu para 4 pontos e o Fla amarga a zona de rebaixamento com apenas um ponto.

Os dois clubes que ainda estão na Libertadores atuaram com times reservas pensando nos jogos de volta. O Inter foi a São Januário e ficou no empate em um gol com o “rei do empate”, o Vasco. Foi um jogo equilibrado em que o placar condiz com o que foi o jogo. Nilmar, único titular pelo lado colorado, fez o gol gaúcho no primeiro tempo e protagonizou uma cena curiosa ao comemorar o gol reverenciando a estátua de Romário.Mas, Lucas, já na parte final da partida, decretou o terceiro empate vascaíno na competição. O Inter tem 4 pontos.

Já o Cruzeiro, também, empatou em um gol com a Ponte Preta no Mineirão e conseguiu seu primeiro ponto no Campeonato. Foi um jogo fraco no primeiro tempo e bom no segundo. Brilhou a estrela do goleiro Marcelo Lomba, da Ponte, que evitou uma vitória azul em casa com boas defesas. Marcelo só não evitou o golaço de Charles, que abriu o placar, em cobrança de falta. Mas Biro-Biro, em boa jogada do ataque campineiro, empatou, os dois gols já no fim de jogo. A Raposa fez seu primeiro ponto no campeonato, mas, ainda, se encontra na zona de rebaixamento, já os paulistas estão invictos com 5 pontos.

O Grêmio conseguiu a primeira vitória na competição ao derrotar o Figueirense por 1 a 0 em Porto Alegre. O Tricolor gaúcho tentou o gol o tempo todo e conseguiu no segundo tempo com o argentino Matias Rodriguez, que entrou no intervalo. O Figueira amarga a última posição com um ponto, já o Grêmio, sem Felipão, foi aos 4.

Classificação após 3 rodadas

1º Sport, Goiás e Corinthians – 7pts
4º São Paulo, Atlético-PR e Chapecoense – 6pts
7º Ponte Preta – 5pts
8º Atlético-MG, Avaí, Santos, Grêmio, Fluminense e Internacional – 4pts
14º Coritiba e Vasco – 3pts
16º Palmeiras – 2pts
17º Flamengo, Cruzeiro, Figueirense e Joinville – 1pt

Próxima rodada

30/05 – 18h30
Ponte Preta x Chapecoense
Coritiba x Avaí

21h
Joinville x Atlético-PR

31/05 – 11h
Santos x Sport

16h
Corinthians x Palmeiras
Internacional x São Paulo
Atlético-MG x Vasco
Goiás x Grêmio

18h30
Flamengo x Fluminense
Figueirense x Cruzeiro


segunda-feira, 18 de maio de 2015

O Show do Brasileirão – 18/05/15

Share |

Série A

A segunda rodada marcou o Corinthians como único a ganhar os dois jogos. A equipe corintiana foi uma das equipes que atuaram sem torcida ou longe de casa na rodada. Ainda sob a “ressaca” gerada pela eliminação na Libertadores, o Timão venceu o esforçado time da Chapecoense por 1 a 0 em Araraquara. Gol “sem querer” marcado por Mendoza no segundo tempo.

No oposto alvinegro está o Cruzeiro, que amarga a lanterna da competição após perder os dois jogos. Com a cabeça no jogo de quinta contra o River pela Libertadores, os celestes foram dominados pelo Santos o jogo inteiro e perderam por 1 a 0 na Vila Belmiro, o mesmo placar da derrota da estreia. O time paulista só não fez mais gols devido a ótima fase vivida pelo goleiro Fábio, que fechou o gol. O gol do Peixe foi marcado por Geuvânio no primeiro tempo.

Outro representante brasileiro nas quartas de final da competição sul-americana, o Internacional, poupou os titulares, mas venceu o Avaí em jogo equilibrado por 1 a 0 em Porto Alegre. As duas equipes tiveram boas chances, porém, Vitinho, na etapa final fez o gol da vitória Colorada.

O São Paulo, que foi eliminado pelo Cruzeiro na Libertadores, atuou em Campinas sem torcida diante da Ponte Preta. O Tricolor não fez uma boa partida e foi facilmente dominada pela Macaca, que criou inúmeras chances de gols, mas fez só um gol. O golaço de Renato Cajá aos 14 minutos do primeiro tempo fez a equipe campineira ficar com 4 pontos na tabela de classificação.

Outra partida sem torcida aconteceu em Joinville, onde o Tricolor catarinense recebeu o Palmeiras. O estádio vazio contagiou o futebol jogado por ambas as equipes, pois foi um jogo muito fraco e que o empate sem gols condiz com o que foi a partida.

O outro 0 a 0 da rodada também foi em terras catarinenses, mas a partida entre Figueirense e Vasco foi bem jogada. O placar permaneceu em branco devido as atuações dos goleiros Alex Muralha, do Furacão do Estreito, e Martin Silva, do Cruzmaltino, que fecharam o gol e salvaram suas equipes na manhã deste domingo em Floripa.

O Goiás, também, atuou com portões fechados diante do Atlético-PR, mas fez uma boa partida e ofuscou a volta do ídolo esmeraldino, Walter, ao estádio goiano. O grande destaque da partida foi o atacante Bruno Henrique, autor dos dois gols da vitória verde por 2 a 0. Os gols do 9 goiano saíram um em cada tempo.

Se o Furacão perdeu, o rival Coritiba salvou a rodada dos paranaenses. O Coxa fez um jogo seguro diante do instável Grêmio e o venceu por 2 a 0 na capital do Paraná. O jogo foi definido no primeiro tempo. Thiago Galhardo abriu o placar e um gol contra bizarro fez a alegria no segundo gol. Erazo e Geromel se atrapalharam e a bola bateu no equatoriano para encobrir Marcelo Grohe, o lance papelão da rodada.

Flamengo e Sport realizaram o jogo mais emocionante da rodada no Maracanã. O empate por dois gols teve um pouco de tudo. O nome da tarde foi Diego Souza, o jogador do Leão abriu o placar de pênalti no primeiro tempo. No segundo tempo, Élber ampliou o marcador após bom passe de calcanhar. Nos minutos finais, o gol de Canteros colocou fogo na partida. O goleiro Magrão machucou o ombro e teve que sair da partida, como o time pernambucano havia feito as três alterações, foi Diego Souza para o gol. O jogador-goleiro não evitou o gol de empate já nos acréscimos marcado por Everton, mas depois fez uma excelente defesa, evitando uma virada histórica do Flamengo.

O grande ganhador da rodada foi o Atlético-MG. O Galo esqueceu rápido a eliminação na Libertadores e goleou o Fluminense em Brasília, onde cumpriu perda de mando de campo, por 4 a 1. Os mineiros dominaram todos os lances da partida, especialmente, no primeiro tempo, onde acertaram duas vezes o travessão de Diego Cavalieri. Os dois primeiros gols saíram no primeiro tempo com o zagueiro Jemerson de cabeça. Na etapa final, Dátolo e Luan completaram o show alvinegro na Capital Federal. Fred, de pênalti, fez o de honra dos cariocas.

Próxima rodada

23/05 – 18h30
São Paulo x Joinville
Vasco x Internacional

21h
Grêmio x Figueirense

24/05 – 11h
Palmeiras x Goiás

16h
Fluminense x Corinthians
Avaí x Flamengo
Atlético-PR x Atlético-MG
Chapecoense x Santos

18h30
Cruzeiro x Ponte Preta
Sport x Coritiba

Série B

Uma rodada cheia de gols na segundona. Três goleadas por 4 a 1. Do Bahia sobre o Mogi Mirim, o triunfo do Santa Cruz ante o Paraná e a vitória do Botafogo sobre o CRB. O Sampaio Correa venceu a segunda, 3 a 1 sobre o Macaé. Assim como o Náutico que derrotou o Boa Esporte por 1 a 0 em Varginha. 1 a 0 também foi o placar da vitória do Luverdense sobre o América-MG e do Bragantino ante o Paysandu. O ABC surpreendeu o Criciúma ao derrota-lo no sul por 2 a 0. O mesmo placar da vitória do Ceará sobre o Atlético-GO em Fortaleza.