quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Rio em tempo – 10/08/16

Share |


- Uchimura brilha na Arena Olímpica

O japonês Kosei Uchinura, a grande estrela da ginástica masculina, conquistou o bicampeonato olímpico no individual geral. Com grandes apresentações, o japonês levantou a torcida e faturou o ouro. O brasileiro Sérgio Sasaki terminou numa excelente nona colocação, a melhor do país numa Olimpíada.

- Dream team passa aperto

O basquete masculino dos EUA, depois de duas vitórias fáceis, viu a coisa se complicar diante da boa equipe da Austrália, mas, no final, a vitória se repetiu com um 98 a 88.

- Futebol, enfim, deslancha

O futebol masculino finalmente apareceu nas Olimpíadas. O time de Rogério Micale goleou a Dinamarca por 4 a 0 em Salvador e passou a próxima fase. Os gols foram marcados por Gabriel Jesus, Gabigol (2) e Luan.

Quartas de final do futebol masculino

Portugal x Alemanha
Nigéria x Dinamarca
Coréia do Sul x Honduras
Brasil x Colômbia

- Judô termina o dia sem medalha

Thiago Camilo e Maria Portela, no dia do Judô, saíram na segunda luta e ficaram longe do pódio. Thiago, que ganhou 2 medalhas em Olimpíadas, se despediu do Judô após a derrota de hoje.

- Meninas do Handebol perdem a primeira

Depois de duas excelentes vitórias, o Handebol feminino conheceu a primeira derrota nos Jogos do Rio. As meninas lutaram, mas perderam para a Espanha por 29 a 24, porém, a situação ainda é tranquila para a classificação a próxima fase.

- Vôlei feminino continua arrasador

O vôlei feminino continua muito bem nos Jogos Olimpicos. A terceira vitória da equipe Brasileira veio diante do Japão em um fácil 3 sets a 0 (25/18, 25/18 e 25/22).

- Thiago Pereira com chance de medalha

Thiago Pereira, maior esperança de medalhas na natação, se classificou para a final desta quinta-feira nos 200m medley.com o terceiro melhor tempo. Pereira só ficou atrás dos americanos Ryan Lotche e da lenda Michael Phelps.

- Polo aquático passa as quartas com uma vitória histórica

A seleção masculina de polo aquático conseguiu uma vitória sensacional diante da Servia por 6 a 5. Foi a primeira vitória do Brasil sobre os sérvios na história e a vaga nas quartas de final  está garantida.

Quadro de medalhas

1º: Estados Unidos – 11 ouros, 11 pratas e 10 bronzes
2º: China – 10 ouros, 3 pratas e 8 bronzes
3º: Japão – 6 ouros, 1 prata e 10 bronzes
4º: Austrália – 5 ouros, 2 pratas e 5 bronzes
5º: Hungria – 5 ouros, 1 prata e 1 bronze
17º: Brasil – 1 ouro e 1 prata