domingo, 15 de maio de 2011

Os Estaduais pelo Brasil – 15/05/2011

Share |

Por Leonardo Martins

Campeonato Mineiro

O Cruzeiro conseguiu o titulo estadual com méritos na vitória sobre o rival Atlético por 2 a 0. O Atlético havia ganho o primeiro jogo e não conseguiu segurar a vantagem. A Arena do Jacaré estava pintada de azul, já que o jogo era de torcida única do Cruzeiro. Mas o primeiro tempo foi morno, pois o time azul teve mais posse de bola na etapa, porém, o Galo conseguiu segurar a vantagem que lhe dava o título. As chances foram escassas, os celestes chutaram para longe e os alvinegros pouco tentaram o gol. No primeiro tempo, o jogo foi sem graça e com muitos erros de passes de ambas as equipes.

No segundo tempo, o jogo melhorou e os celestes foram para cima tentar o gol do título, Roger e Wallyson erraram boas chances de gol. Mas a melhor chance do jogo antes dos gols foi de Magno Alves, o atacante alvinegro saiu sozinho na cara de Fábio e o goleiro fez uma sensacional intervenção, o gol perdido pelo Magnata fez falta para o Galo. Pois, o time celeste finalmente fez o gol. Aos 30, Wallyson chutou da entrada da área e explodiu a Arena. O título foi sacramentado aos 42 na bomba de Gilberto em cobrança de falta. Foi o 35º título estadual do Cruzeiro.

Campeonato Paulista

O Santos comemorou um título na Vila após 5 anos e conquistou o bicampeonato paulista com a vitória sobre o Corinthians por 2 a 1. Sem Ganso, assim como na Colômbia, o nome do jogo foi Neymar e com boas jogadas, ajudou o time a conquistar o título e foi um bom jogo, já que o empate levava a decisão para os penais. No primeiro tempo, o Santos foi melhor e fez o gol com Arouca aos 16 minutos. Depois, ambas as equipes alternaram chances.

No segundo tempo, o Corinthians foi para cima e conseguiu boas chances com Willian e Chicão, mas o Santos, mesmo cansado, tinha os contra-ataques a disposição e criou boas chances. O gol do título veio em um deles, aos 38, Neymar fez boa jogada e chutou, o goleiro Júlio César aceitou o chute, um frango. O Corinthians conseguiu um gol com Morais, mas nada que tirasse o título do Santos. O segundo bicampeonato nos últimos 6 anos.

Campeonato Gaúcho

A emoção ficou por conta do Grenal e foi um grande grenal em que o placar do primeiro jogo foi repetido, mas o vencedor foi outro. O Inter conseguiu devolver o placar no Olímpico, 3 a 2, e conquistou o título nos pênaltis. No primeiro tempo, o Tricolor saiu na frente com Lúcio e aumentou a vantagem, o colorado precisava fazer três gols. A virada veio ainda na primeira etapa. Primeiro foi Leandro Damião quase sem ângulo. Depois, Andrezinho em chute de longe. Aos Colorados restavam um gol para o caneco vir nos 90 minutos.

No segundo tempo, a pressão colorada continuou e o terceiro gol, o que era do título, apareceu. Eram 27 minutos, Zé Roberto foi derrubado por Victor e o juiz marcou o penal. D’Alessandro foi para a cobrança e acertou. O título estava nas mãos coloradas. Mas um gol gremista levaria para os pênaltis e ele veio com Borges após falha de Renan. E o Gaúchão 2011 iria ser decidido nos pênaltis. Muito equilíbrio nas cobranças com Renan e Victor se destacando nas defesas, mas o Colorado brilhou mais e pegou três cobranças, dando o título ao Inter.

Campeonato Pernambucano

O Santa Cruz ressurgiu e voltou a conquistar o título estadual após 6 anos de jejum e ainda estragou a chance do hexa do Sport. Com um show da torcida no Arruda, que colocou 62 mil pessoas, maior público do Brasil em um ano e meio, o Santa nem precisou ganhar, aliás perdeu por 1 a 0, o que podia perder. O Tricolor fez um jogo com o regulamento e por isso segurou bem o ímpeto do Sport. O gol da vitória que não valeu nada para o Leão veio no último minuto de jogo com Marcelinho Paraíba de pênalti, mas a festa ficou com os tricolores.

Campeonato Baiano

A surpresa do domingo aconteceu na Bahia onde o Bahia de Feira de Santana conquistou o título inédito ao derrotar o favorito Vitória em pleno Barradão por 2 a 1. O título interrompeu uma grande seqüência de títulos do rubro-negro no Baianão. O Vitória saiu na frente na bela cobrança de falta de Geovanni, mas tomou a virada e perdeu o título nos gols de Allyson e João Neto. Um título surpreendente em terras baianas.

Campeonato Catarinense

A Chapecoense conseguiu o placar que precisava e conquistou o caneco em casa diante do Criciúma. O estádio em Chapecó estava lotado e o jogo foi bom com boas chances de ambas as equipes. O gol do título veio em um gol contra de Carlinhos Santos na metade do segundo tempo e decretou a festa do time verde de Santa Catarina.

Campeonato Goiano

O Atlético conquistou o Bicampeonato goiano com um novo empate em um gol com o rival Goiás. O título ficou com o Dragão graças a melhor campanha na primeira fase, o que dava a vantagem de dois resultados iguais na final. O Rubro-Negro saiu na frente com um belo gol de Adriano. O Goiás empatou com o jovem Guto, mas faltou um gol e o título ficou com os atleticanos.

E aqui se encerra a cobertura do Esporte é Vida dos Estaduais, a partir de semana que vem, o foco do futebol nos fins de semana se volta para a disputa do Campeonato Brasileiro Séries A e B, seguem nos acompanhando na cobertura do Brasileiro.

Um comentário:

Wilson Hebert disse...

Com o fim desses torneios inúteis, agora sim a temporada vai começar pra valer.