quarta-feira, 13 de junho de 2012

O jogo dos milhões

Share |

Após uma longa espera para santistas e corintianos (e a Rede Globo também), enfim começa a tão aguardada semifinal da Libertadores entre Santos e Corinthians. O Brasil vai parar esta noite para ver o jogo na acanhada Vila Belmiro, a pedido dos jogadores santistas, que está cheio de expectativas e polêmicas antes mesmo de começar.

Uma semifinal de Libertadores por si só já é cercada de expectativas, mas se tratando de um clássico entre duas das melhores equipes do continente, jogadores especiais, esta expectativa aumenta mais

Santos e Corinthians são as duas melhores equipes da Libertadores que ainda continuam na competição, o confronto marca o duelo do melhor ataque, o Santos, contra a melhor defesa, o Corinthians. O ataque santista comandado pelo craque Neymar, que gosta de jogar contra o rival, quer o bicampeonato seguido ou o 4º título na competição. Já a defesa quase intransponível do Corinthians quer passar para a final pela primeira vez na Libertadores, já igualou a sua melhor campanha na competição, feita em 2000, onde parou no, também rival, Palmeiras nas semifinais. E a conquista da América é a grande obssessão da torcida do time de Parque São Jorge.

O Santos conta com o milagre da volta de Ganso, que se recuperou na parada da competição sul-americana de uma artroscopia no joelho, um verdadeiro recorde na recuperação do  camisa 10 santista. Ele forma ao lado de Neymar, a dupla fundamental neste time do Peixe, onde seus passes e a genialidade do camisa 11 são determinantes para o sucesso da equipe. Além disto, conta com a versatilidade de Arouca no meio e o faro de gols de Alan Kardec, reserva no ano passado, mas que tomou a vaga do artilheiro do último brasileiro, Borgess, como coadjuvantes.

Já o Corinthians, com seu estilo de jogo em que prioriza a marcação, vê em sua defesa quase intransponível e na dupla de volantes excelentes, Ralf e Paulinho (este último autor, do gol que classificou o time para esta fase contra o Vasco), para vencer as travessuras de Neymar e cia. O time nunca esteve tão perto de conseguir o seu sonho dentre os 101 anos de vida, que é a conquista da Libertadores.

A polêmica já começou na noite de ontem, quando o Corinthians foi fazer o reconhecimento do gramado da Vila Belmiro, o que é permitido na Libertadores. Alguns torcedores do Santos lançaram foguetes contra os jogadores corintianos e o treino teve que ser encerrado, mas ninguém se feriu no episódio. Isso só da a realidade que o jogo de hoje como o de quarta-feira que vem no Pacaembu, serão uma guerra para ver quem passa e decide a Libertadores em casa, já que está definido que o vencedor do clássico, faz o segundo jogo da Final em casa.

A outra semifinal da Libertadores começa a ser resolvida amanhã no jogo entre Boca e Universidad do Chile, que se enfrentam em La Bombonera. Outro ótimo jogo na Libertadores que reúne a tradição boquense de 6 títulos na competição e um dos melhores times dos últimos anos, La U, atual campeã da Sul-Americana.

Um comentário:

David J. Pereira disse...

Olá!

Podemos fazer uma troca de links entre blogues por favor?

O meu é: http://davidjosepereira.blogspot.pt/

Muito Obrigado!

Depois passem pelo meu a confirmar a troca,
para eu também adicionar o vosso blogue aos meus links.